Vídeos

Falsa grávida de Taubaté reaparece em delegacia para esclarecer doações

A- A+

Maria Verônica, que ficou conhecida como a falsa grávida de Taubaté, voltou à delegacia. Por quase uma hora e meia, ela teve que dar explicações sobre todas as doações que recebeu. A falsa grávida foi indiciada por estelionato e o marido, por falsidade ideológica. O promotor responsável pelo caso não quis gravar entrevista porque o processo está em segredo de Justiça. Ele analisa as provas para decidir se oferece ou não denúncia contra Maria Verônica. O indiciamento deve ser formalizado em, no máximo, 30 dias.

Todos os vídeos

A Rede Record informa que não oferece vagas de emprego, prêmios ou participação nos programas por e-mail