Notícias

‘Terminei minha carreira como eu queria’, diz Phelps

  • -A
  • +A
Agência Estado

Como se as 22 medalhas olímpicas não fossem suficientes, Michael Phelps recebeu um prêmio extra neste sábado no dia em que disputou sua última prova antes da sua anunciada aposentadoria. Das mãos do presidente da Federação Internacional de Natação, o norte-americano ganhou um troféu especial com os dizeres: "Para Michael Phelps, o maior atleta olímpico de todos os tempos".

A menção honrosa coroou sua despedida das piscinas, depois de seis medalhas conquistadas em Londres: quatro de ouro e duas de prata. "É um pouco estranho olhar para este troféu e ver que ele diz que sou o maior atleta olímpico da história", comentou Phelps, de 27 anos.

Surpreendido pela premiação, o nadador não deixou de agradecer o apoio do técnico Bob Bowman. "Não estaria aqui sem ele. Chegamos aqui juntos. Sempre vou amá-lo. E sou grato por ter alguém como ele. Foi ótimo", declarou.

Recordista de medalhas e de títulos olímpicos (com 18 ouros), Phelps comemorou os bons resultados em Londres, onde se esperava que ele seria superado pelo compatriota Ryan Lochte. "Terminei minha carreira como eu queria. Consegui colocar a cereja e todo aquele creme, com pedacinhos de chocolate, no topo do sundae. Foi uma grande jornada. Não poderia estar mais feliz", disse.

Questionado sobre seu futuro, Phelps disse apenas que não pretende seguir competindo. "Não quero chegar aos 30 anos nadando. E, na próxima Olimpíada, já teria essa idade. E eu não quero continuar nadando pelos próximos 3 anos. Já conquistei o que eu queria", afirmou.

Quadro de Medalhas

Últimas Notícias

Agora na Record

Programação completa

Facebook