Notícias

Olimpíada de Londres vai custar menos que o previsto

Dinheiro que sobrou será usado para "controle de multidão e orientar o público"

  • -A
  • +A

Da BBC

O custo dos Jogos Olímpicos de Londres vai ficar 476 milhões de libras (mais de R$ 1,5 bilhão) abaixo do orçamento de 9,3 bilhões de libras (R$ 29,8 bilhões), disse nesta quarta-feira o governo britânico.

"A Grã-Bretanha provou que não só podemos fazer um grande evento para o mundo assistir, como o Jubileu de Diamante, mas que também pode entregar grandes projetos de construção no tempo e no orçamento", disse o ministro dos Esportes, Hugh Robertson.

O dinheiro que sobrou deve ser devolvido ao Tesouro.

O orçamento, estabelecido em 2007, foi bem mais alto do que o previsto em 2005 quando Londres foi escolhida como cidade sede.

Multidão

O governo afirmou que, apesar de os custos não ultrapassarem o orçamento, vai destinar um fundo extra de 19 milhões de libras (R$ 61 milhões) para reforçar os mecanismos de controle de multidão e orientar o público.

O dinheiro extra será para garantir que tudo corra bem na zona chamada pelo governo de "última milha", a distância entre os centros de transportes e locais de jogos.

"Nós sabemos exatamente quantos ingressos foram vendidos e cerca de quantas pessoas devem estar em Londres", afirmou Robertson.

"Mas absolutamente ninguém sabe quantas pessoas vão estar circulando na cidade, perto dos eventos, quando eles ocorrerem", disse o ministro.

"Neste verão, Londres vai ser um lugar para festa. É muito difícil para nós saber exatamente quantas pessoas vão estar em trens, carros ou na balsa", completou.

O governo afirmou que o trabalho da autoridade responsável pelas obras olímpicas está 98% finalizado e deve ser concluído após a Olimpíada, quando os alojamentos dos atletas vão ser convertidos em casas.

Quadro de Medalhas

Últimas Notícias

Agora na Record

Facebook