Notícias

Medalhista de ouro em Londres, judoca tem apoio para projeto na cidade natal

Ministro do Esporte promete ajuda para Sarah Menezes incentivar judô no Piauí

  • -A
  • +A

Judoca conquistou o primeiro ouro do Brasil nos Jogos Olímícos de Londres. Crédito: Getty Images

Por Carolina Martins, do R7, em Brasília

A judoca Sarah Menezes, que conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Londres, se reuniu com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, nesta quinta-feira (6), em Brasília. A atleta está na capital federal para participar do desfile da Independência e aproveitou para pedir ao Ministério apoio para o projeto social que ela mantém em Teresina (PI), sua cidade natal. O encontro aconteceu com duas horas de atraso.

O projeto Superação atende cerca de 100 crianças carentes, por meio do sistema de apadrinhamento. Empresários “adotam” os jovens e ajudam no treinamento de judô. O ministro se comprometeu a intervir junto ao setor privado para conseguir mais apoio financeiro para o projeto social.

- Nos vamos apoiar no que for necessário, eles podem contar comigo e com o Ministério. Temos muita gratidão pelo esforço, pela dedicação e pela disciplina da atleta que representa tão bem o País e culminaram na conquista da medalha de ouro.

Poucas palavras

Tímida, Sarah Menezes estava o tempo todo acompanhada pelo técnico Expedito Falcão. Foi ele que explicou para os jornalistas que o projeto nasceu de uma conversa entre ele e a atleta, que manifestou o interesse de retribuir para a cidade tudo o que conquistou com o esporte. A ideia é facilitar a vida de crianças e jovens carentes que querem se dedicar ao judô.

- Nós abrimos a primeira turma pouco antes da Sarah embaçar para Londres, para participar das Olimpíadas. Em setembro vamos inaugurar a segunda turma, para treinar mais alunos. Atualmente trabalhamos em um lugar alugado, mas o estado prometeu nos ceder um local próprio.

Desfile de Independência

Sarah Menezes  vai participar do desfile da Independência nesta sexta-feira (7), em Brasília. É ela quem vai carregar a tocha, simbolizando os Jogos Olímpicos que serão realizados no Rio de Janeiro, em 2016.

- Estou bem tranquila, mas a gente sempre fica com uma expectativa muito boa. Acredito que vai dar tudo certo.

Sarah entrou para a história ao ser a primeira mulher brasileira a conseguir uma medalha de ouro no judô em olimpíadas. Ela conquistou o primeiro lugar nos Jogos Olímpicos de Londres, este ano, vencendo a romena Alina Dumitru, que havia ganhado o ouro nas Olimpíadas de Pequim, em 2008.
Antes de Sarah, a atleta Maurren Maggi era a única mulher a ter no currículo uma medalha de ouro olímpica em jogos individuais. Ela venceu a prova de salto em distância, em Pequim.

Sarah compete na categoria pese ligeiro, com 1,52 m e 48 quilos. A atleta, de 22 anos, nasceu no Piauí e treina judô desde que tinha nove anos. Ingressou na seleção aos 15 e, de lá pra cá, acumula 50 medalhas. Foi campeã brasileira 11 vezes e bicampeã mundial. Em 2009, foi eleita a atleta do ano pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

Quadro de Medalhas

Últimas Notícias

Agora na Record

Facebook