Notícias

Itália vence Bulgária e fatura o bronze no vôlei

  • -A
  • +A
Agência Estado

Superada pelo Brasil na semifinal, na última sexta-feira, a seleção italiana masculina de vôlei venceu a Bulgária por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 23/25, 25/22 e 25/21, neste domingo, e faturou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres.

Essa foi a quinta medalha olímpica conquistada pela Itália entre os homens no vôlei, depois de o país ter levado o bronze também em Los Angeles/1984 e Sydney/2000, além da prata em Atlanta/1996 e Atenas/2004. Este novo bronze também teve sabor especial para os italianos, que fizeram uma primeira fase de campeonato ruim na capital inglesa - foram quarto colocados do Grupo A - e há quatro anos acabaram superados pela Rússia na decisão do terceiro lugar em Pequim.

Já a Bulgária, grande sensação da primeira fase desta Olimpíada ao terminar na liderança do Grupo A, perdeu a chance de voltar a ganhar a sua segunda medalha olímpica, sendo que a única vez que subiu ao pódio foi nos Jogos de Moscou/1980, quando levou a prata ao ser derrotada pela extinta União Soviética na decisão.

Com 23 pontos na partida, sendo sete deles de saque, Savani foi o grande destaque da vitória italiana neste domingo. Lasko, com 18 pontos, 13 deles em ataques, também brilhou e foi decisivo para o triunfo da equipe comandada pelo técnico Mauro Berruto.

Pelo lado búlgaro, Nikolov e Aleksiev fizeram 12 pontos cada um, enquanto Yosifov e Sokolov contabilizaram 11 cada um, mas a atuação regular do quarteto não foi suficiente para derrubar os italianos e sua maior tradição nesta modalidade. A Itália, por sinal, foi responsável pela surpreendente eliminação dos Estados Unidos, campeões olímpicos em Pequim, com uma vitória por 3 sets a 0 nas quartas de final.

A final olímpica do vôlei masculino será disputada às 9 horas (horário de Brasília) deste domingo, quando o Brasil buscará o seu terceiro ouro olímpico no confronto diante da Rússia, que superou a Bulgária nas semifinais.

Quadro de Medalhas

Últimas Notícias

Agora na Record

Facebook