Notícias

Irã alcança melhor campanha de sua história olímpica

  • -A
  • +A
Agência Estado

Os descendentes de uma das mais antigas civilizações do planeta, os persas, comemoraram nesta terça-feira um feito inédito em sua história milenar. Em ascensão no quadro de medalhas da Olimpíada de Londres graças às lutas e ao levantamento de peso, o Irã agora soma quatro medalhas de ouro e alcança sua melhor colocação, no 12º lugar geral.

O melhor desempenho da república islâmica antes de Londres tinha sido em Sydney/2000. Na ocasião, a delegação iraniana voltou para casa com três medalhas de ouro (levantamento de peso e luta greco-romana) e uma de bronze (tae kwon do), e a 27ª colocação geral.

À época dos Jogos de Melbourne/1956, os iranianos viviam sob uma monarquia autoritária, comandada pelo xá Rheza Pahlevi. Naquele ano, a posição dos iranianos no quadro de medalhas da Olimpíada foi a melhor da história antes da que atingiu na edição atual, com o 14º lugar. Mas o peso das medalhas foi menor: foram duas de ouro, duas de prata e uma de bronze.

Em Pequim/2008, o Irã conquistou apenas uma medalha de ouro e uma de bronze, respectivamente no tae kwon do e na luta livre. O desempenho fraco fez com que os iranianos amargassem a 51ª colocação geral, a pior de sua história olímpica.

O Irã espera ainda poder comemorar outros pódios nos últimos dias dos Jogos Olímpicos - mesmo com o fim das competições de levantamento de peso -, mas a delegação que foi para Londres já entrou para a história iraniana.

Quadro de Medalhas

Últimas Notícias

Agora na Record

Facebook