Notícias

Brasil entra com recurso para tentar mudar resultado da luta de Esquiva Falcão na decisão olímpica

Árbitro da decisão teria admitido erro que definiu a luta contra brasileiro

  • -A
  • +A

Prata de Esquiva Falcão é o melhor resultado da história do boxe olímpico brasileiro (Foto: Getty Images)

Carolina Canossa, do R7

Um das pratas no Brasil nas Olimpíadas de Londres pode virar ouro. De acordo com o presidente da CBBoxe (Confederação Brasileira de Boxe), Mauro Silva, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) vai acionar a Aiba (Associação de Boxe Amador) a fim de tentar reverter o resultado da final da categoria até 75 kg, onde Esquiva Falcão foi derrotado pelo japonês Ryota Murata por 14 a 13.

Na ocasião, o combate foi decidido por uma punição de dois pontos dada contra o pugilista capixaba. Porém, o árbitro brasileiro Jones Kennedy – que também apitou na Inglaterra – deu declarações na qual diz que o juiz polonês Mariusz Gorny admitiu ter se equivocado em sua decisão. Se voltarem, os dois pontos perdidos dariam o título olímpico a Esquiva, que venceria por 15 a 14.

Muita gente não tem noção do que é um bronze olímpico, diz Thiago Pereira

Presidente da CBBoxe (Confederação Brasileira de Boxe), Mauro Silva diz que as providências estão sendo tomadas:

- Já foi encaminhado o documento para a Aiba. Nós já tomamos as providências, mas é pelo COB que vai.

O boxe olímpico possui uma regra na qual recursos só podem ser avaliados se forem feitos imediatamente após as lutas, mas, segundo Silva, ela só se aplica quando se contesta avaliações subjetivas e não erros de arbitragem, como é o caso.  O próprio dirigente, porém, admite que as chances de mudar o resultado da luta de Esquiva são poucas:

- Eu não vou dar o veredito final porque isso não me compete, mas é difícil que isso aconteça.

De qualquer forma, de acordo com ele, o recurso servirá ao menos para que o Brasil fortaleça a sua posição nos bastidores do boxe a fim de evitar situações parecidas com esta no futuro.

Em comunicado oficial, o COB confirmou que pediu a revisão da final da luta. O presidente Carlos Arthur Nuzman reafirmou sua posição de lutar pelos interesses dos atletas do País.

— Tudo indica que houve um erro de interpretação do árbitro, por isso pedimos que a AIBA reveja o resultado final da luta. O COB tem o dever de lutar pelos interesses dos atletas brasileiros.

Juiz brasileiro defende colega da final

Primeiro árbitro brasileiro na história olímpica do boxe, Jones Kennedy optou por não criticar Mariusz Gorny. De acordo com ele, a punição ao brasileiro foi uma infelicidade que poderia acontecer com “qualquer um, inclusive eu”:

- Esse árbitro é muito experiente e muito bom, um dos melhores do mundo. Trata-se de um cara íntegro e que até é o nosso representante junto a Aiba. Foi uma luta muito equilibrada e acabou sendo uma decisão infeliz, pois o Esquiva perdeu mesmo o primeiro assalto, mas depois colocou vários golpes. Lá em cima do ringue, ele imaginou que o brasileiro estivesse ganhando por três ou quatro golpes, assim como a gente, que estava acompanhando pela TV da sala dos árbitros. Na hora que saiu o resultado (onde ficou claro que a punição decidiu o resultado da luta), foi aquela surpresa.

Relembre as dez maiores decepções brasileiras nas Olimpíadas 2012

Kennedy, inclusive, citou o isolamento de todos os árbitros (que começa dias antes da competição) como motivo para acreditar na integridade da Aiba e de Gorny. Ele ainda comentou que o juiz só sabe qual luta irá apitar na metade do combate anterior na programação, quando é escolhido pelo chefe da arbitragem e chamado da sala:

- O que a Aiba mais pede pra gente é que o árbitro não decida a luta e o polonês não tinha interesse nenhum em prejudicar ninguém, queria apenas fazer o trabalho dele. Acabou se equivocando, mas todos nós somos seres humanos.

Responsável por apitar cinco finais em Londres, Kennedy, porém, admitiu que o atual sistema de pontuação é confuso e disse que a Aiba tem a intenção de discutir mudanças para este ciclo.

Procurado pelo R7, Esquiva Falcão não foi localizado. Pelo Twitter, no entanto, ele comentou a notícia sobre o suposto arrependimento de Gorny:

- O que eu devo fazer? Vou chorar

Quadro de Medalhas

Últimas Notícias

Agora na Record

Facebook