Notícias

Belarus leva ouro e Brasil termina em 8º no arremesso de peso nas Olimpíadas

Nova Zelândia e Russa também sobem ao pódio

  • -A
  • +A

Nadzeya Ostapchuk ficou em primeiro lugar — Kai Pfaffenbach/Reuters

Do R7

Durante as seis tentativas, a belarus, Nadzeya Ostapchuk, ficou a frente das adversárias e com a melhor marca da disputa garantiu a medalha de ouro nesta segunda-feira (6).

Em sua terceira tentativa, Nadzeya arremessou a 21,36 m. Essa foi a melhor marca da campeã nas seis rodadas da prova. Seu pior arremesso foi na primeira etapa com 20,01.

Leia mais notícias de Esportes

A medalha de prata ficou com Valerie Adams, da Nova Zelândia, que completou a prova com 20.70. Já a prata foi para a russa, Evgeniia Kolodko, que fez a marca de 20.40 m. Com esse resultado, Evgeniia superou seu recorde pessoal.

A brasileira Geisa Arcanjo não conseguiu vaga no pódio, mas bateu seu recorde pessoal ao fazer 19,02. Em sua terceira das seis tentativas, a alteta fez 19,02 m.  Até então, sua melhor  era 18,84 m.

Na disputa preliminar, que aconteceu também nesta segunda-feira, ela marcou 18,47 m e ficou em 11º lugar entre as 32 competidoras.

O R7 transmite os Jogos Olímpicos de Londres ao vivo, em cinco canais exclusivos, 24 horas por dia. E durante os Jogos, além da transmissão ao vivo e com sinais exclusivos, você encontra no portal os vídeos de todos os melhores momentos da maior disputa esportiva do mundo. Até o dia 12 de agosto, Olimpíada é no R7, Record e Record News, os canais oficiais de Londres.

Quadro de Medalhas

Últimas Notícias

Agora na Record

Facebook